Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

24 novembro, 2009

da saudade...

se lágrima escorre e não pára
que leve junto a dor
que nunca pára
às vezes embala
e embaça
e a saudade fica
não escorre
Pára!
Que a lágrima escorrida
leve a saudade sentida
lave a saudade contida
do filho que não está
na cama ao lado,esperando
o "boa-noite" que não virá
como vinha sempre
e sempre se esperou dar
A vida vai passando
escorrendo com o tempo
escondendo o tempo
que só a saudade sabe
o quanto o tempo corre
esperando o tempo
que virá.

3 comentários:

Val disse...

Ñ tinha entendido a do pudim de leite moça, mas agora entendi =). Bjo...

Anônimo disse...

Ai ai...
Israel

Aletheia disse...

:(